Notícias do setor

Internet das Coisas e sistemas cognitivos trazem oportunidades para empresas


Coordenado por Beatriz Cricci e Augusto Dalman Boccia, diretores do Departamento da Micro, Pequena e Média Indústria da Fiesp (Dempi), o painel foi moderado por Martha Gabriel, palestrante sobre tendências digitais, comportamento, mercado e inovação. Ela comparou os sensores para as fábricas aos sentidos para as pessoas e perguntou aos palestrantes o que os empresários devem fazer para adotar a tecnologia.

“Não comece gastando dinheiro”, disse Paulo Roberto Santos. É preciso primeiro saber onde se quer chegar com o negócio. Ao se conseguir imaginar a empresa num cenário futuro, bastará implementar.

Reis recomendou começar pequeno e expandir depois.

Martha Gabriel também fez a palestra motivacional de encerramento do 12º Congresso MPI. “Uma ideia ocupa menos de 2 neurônios”, disse em seu apresentação. “Sem ação planejada e rápida, a ideia não faz qualquer sentido. Fica para trás ou morre! Como transformo ideia em inovação? Sem dúvida por meio da tecnologia digital!”

Ao encerrar o congresso, o diretor titular do Dempi, Milton Bogus, destacou o sucesso das salas interativas oferecidas ao longo do dia. “O Brasil é muito grande e vai sempre precisar de indústrias fortes.”

Fonte: FIESP