Notícias do setor

Indicador de Nível de Atividade da indústria avança 0,6% em maio, aponta Fiesp


Pesquisa Sensor cede 1 ponto percentual, mas se mantém acima de 50 pontos, sinalizando expectativa de aumento da atividade industrial para junho

Cristina Carvalho, Agência Indusnet Fiesp

O Indicador de Nível de Atividade (INA) da indústria paulista registrou avanço de 0,6% em maio ante abril, na série com ajuste sazonal. O resultado teve forte influência do total de vendas reais, que subiu 2,4%. Entre as demais variáveis de conjuntura que compõem o INA, houve aumento no número de horas trabalhadas na produção (0,2%) e estabilidade no Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci). O resultado positivo do INA também é mostrado na série sem ajuste, que marcou elevação de 10,4% no mês. Neste ano a queda foi de 1,6%. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (29 de junho) pelo Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos da Fiesp e do Ciesp.

Segundo Paulo Francini, diretor do Depecon, a atividade da indústria paulista está andando de lado. “A recuperação da atividade industrial segue lenta, hesitante e com viés de baixa”, aponta.

Dos 18 setores divulgados, três tiveram destaque. O de bebidas registrou elevação de 0,3% em maio, na série com ajuste sazonal. As horas trabalhadas na produção avançaram 0,5%, o total de vendas reais caiu -0,6% e o Nuci ficou estável.

O INA de artigos de borracha e plástico avançou 2%. As horas trabalhadas na produção, vendas reais e o Nuci avançaram 2,3%, 3,2 e 0,4 ponto percentual (p.p.), respectivamente. Já para o setor de móveis houve elevação de 3,5%. As vendas reais e o total de horas trabalhadas na produção subiram 6,6% e 5,3%, respectivamente. Já o Nuci recuou 0,3 p.p.

Clique aqui para ter acesso à pesquisa na íntegra e à série histórica.

Ouça o boletim completo.

Fonte: FIESP