Notícias do setor

Diabéticos devem ter cuidado com a dieta low carb, alerta especialista

Sazonalmente, temos notícia de regimes que prometem grandes resultados, mas a posição entre os especialistas é unânime: nenhum caso deve servir de exemplo global, pois cada paciente precisa ser avaliado em sua individualidade. É o que também defende o nutrólogo Theo Webert. “Sempre o melhor caminho é procurar uma orientação especializada, até mesmo para que os resultados sejam melhores e não haja algum tipo de risco para o paciente”, diz.

Ele cita como exemplo as dietas do tipo low carb, como a Atkins, que podem ser prejudiciais para os diabéticos caso não haja um acompanhamento adequado. Webert explica que a low carb pressupõe um consumo de carboidratos inferior a 150g por dia, ao contrário da cetogênica, na qual o consumo médio desse macronutriente é de 50g, significando uma perda de peso superacelerada.

É aí que mora o perigo, segundo o nutrólogo. “As pessoas pensam que a dieta low carb significa cortar o consumo de qualquer tipo de carboidrato, o que se torna um problema para quem tem pré-diabetes ou resistência a insulina e esse fator não é controlado adequadamente com medicamentos”.

Fonte: Acritica