Notícias do setor

Confira o Salariômetro para o mês de agosto 2018


O Salariômetro (FIPE) traz um panorama das negociações realizadas em julho/2018 (clique aqui para DOWNLOAD), sinalizando que a mediana das negociações não apresentou ganhos reais no mês.
 
A criação de 47.319 postos de trabalho foi o melhor resultado para o mês de julho nos últimos 6 anos. No ano já foram criados 448 mil empregos.

NEGOCIAÇÕES EM JULHO 2018
Os dados mostram que, em julho de 2018, com o crescimento da inflação acumulada em 12 meses para 3,5% (INPC Junho/18), não houve aumento real mediano.
• Em julho, 53,6% das negociações salariais tiveram aumentos reais, enquanto 37,1% ficaram abaixo do INPC.
• Ao longo de 2018, apenas 7,8% dos reajustes foram abaixo da inflação.

Há diversas outras informações de interesse que podem ser acessadas no Salariômetro, a exemplo do gráfico da FIPE abaixo.

• O piso Mediano foi de R$ 1.207,00, valor maior que os R$ 1.120 dos últimos 12 meses.
• A projeção da inflação para os próximos meses cresce continuamente até 4,2% em dez/18, chegando a 5,1% em mai/19, segundo o Banco Central. A greve dos caminhoneiros levou a um aumento de projeção da inflação acumulada em 12 meses em torno de 1% para os meses subsequentes.

Fechamento de Negociações
• Quantidade de negociações protocoladas no Mediador/MTb caiu 33% de janeiro a julho de 2018, em comparação ao mesmo período de 2017. Esse número apresenta melhorias, pois o Salariômetro apontava queda de 74% na comparação dos 5 primeiros meses.
 
• As convenções apresentam defasagem de 38,6% em relação ao ano anterior, enquanto os acordos coletivos caíram 32,2%. A queda é atribuida a:
• Restrições ao financiamento sindical;
• Embates sobre a ultratividade e temas da Reforma;
• Baixa pressão de índices inflacionários.

 

Fonte: FIPE/ CAGED