Notícias do setor

Indústria defende novos rótulos para alimentos e bebidas


Letrinhas difíceis de serem compreendidas não saciam consumidores cada vez mais famintos por informação. Não importa a variedade de produtos expostos nas gôndolas dos supermercados, antes de levar o alimento para casa, queremos fazer escolhas conscientes e de acordo com nossas preferências e características pessoais.

A Confederação Nacional da Indústria (CNI) percebe na postura mais exigente dos consumidores, uma oportunidade para inovar. Por isso, em parceria com a Rede Rotulagem, defende junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) um novo modelo de rotulagem nutricional que seja claro, objetivo e ofereça ao brasileiro as informações básicas para escolhas alimentares saudáveis e equilibradas.

 

Segundo pesquisa IBOPE Inteligência, o semáforo nutricional é o preferido por 7 entre 10 brasileiros. O modelo foi desenvolvido pelo Núcleo de Estudos e Pesquisas em Alimentação da UNICAMP, sendo considerado por 89% dos brasileiros, um incentivo a escolhas alimentares mais saudáveis.

Na proposta defendida pela indústria, o semáforo nutricional será apresentado na parte frontal das embalagens, com destaque para as quantidades de açúcares, gordura saturada e sódio indicadas com base na porção usualmente consumida e também na porcentagem relativa a uma dieta diária de 2.000 kcal.

Nesse modelo, as informações sobre os nutrientes são reforçadas pelas legendas ALTO, MÉDIO ou BAIXO em letras maiúsculas e a utilização das cores (vermelho, amarelo e verde) aplicadas sobre fundo branco, para facilitar a legibilidade e a compreensão das informações.

Apoie o semáforo nutricional
por sua  #LiberdadeDeEscolha

Em breve, a Anvisa abrirá consulta pública para ouvir a opinião da população sobre o novo modelo de rotulagem nutricional a ser adotado pelo Brasil. Acompanhe o debate sobre o tema nos canais da Rede Rotulagem!

Fonte: CNI