Notícias do setor

Apex-Brasil reúne núcleos do PEIEX de 22 estados


Nos dias 15 e 16 de outubro, a Apex-Brasil reuniu em sua sede, em Brasília, no Auditório do Centro Empresarial CNC, 35 núcleos do PEIEX – Programa de Qualificação para Exportação. O PEIEX é um programa oferecido pela Apex-Brasil para as empresas brasileiras iniciarem o processo de exportação de forma planejada e segura. O Programa é implementado em todas regiões do país, por meio de parcerias da Apex-Brasil com instituições locais de ensino e pesquisa, como Universidades, Parques Tecnológicos ou Fundações de Amparo à Pesquisa, além de Federações de Indústria. O III Encontro de Coordenadores do PEIEX teve como objetivo proporcionar maior integração e conhecimento entre as entidades executoras do Programa e as diversas áreas da Agência.

O PEIEX existe há 10 anos e já atendeu 23 mil empresas. Nos últimos cinco anos, foram mais de 11 mil empresas atendidas. Em 2019, o número de empresas chegou a 1969.

Durante o evento, que contou com aproximadamente 60 profissionais líderes de equipes aplicadoras da metodologia do PEIEX, foram apresentadas as ferramentas que a Apex-Brasil oferece de apoio à promoção comercial.

A primeira convidada do dia, a Secretária Especial Adjunta da Secretaria Especial de Comércio Exterior e assuntos do Ministério da Economia Yana Dumaresq, falou sobre “O comércio exterior e a qualificação de empresas para as exportações”. Em sua palestra, ela ressaltou a importância das micro e pequenas empresas para o desenvolvimento do comércio exterior, e também a relevância dos acordos internacionais, das metas e desafios do Governo atual nesse contexto. “Nós só vamos conseguir mudar de patamar, ser uma economia internacionalizada e ver mais empresas jogando o jogo do comércio internacional, se trabalharmos de mãos dadas”, reiterou a Secretária.

O segundo convidado especial, o Conselheiro Leonardo Enge, Coordenador-Geral de Promoção Comercial do Ministério das Relações Exteriores, falou sobre “O Ministério das Relações Exteriores no Mundo e o apoio às empresas brasileiras”. Ele explicou a nova estrutura de promoção comercial do Itamaraty, quais serviços são oferecidos pela rede de Setores de Promoção Comercial (SECOMs) do Ministério, e apresentou como a CGPR opera. “O recado do Itamaraty é que vocês, na medida do possível, divulguem os SECOMs para os empresários. A existência desse serviço, que não é inacessível e nem impenetrável, está à disposição de todos os empresários que exportam ou que querem exportar”, ressaltou Leonardo.

O segundo dia de evento se iniciou com uma dinâmica de debate sobre os temas Abordagem Metodológica, Inovação e Renovação do Programa, Perfil do Cliente, Jornada do Cliente e Índice de Prontidão. Após o almoço, representantes das entidades ABIMAPI e ABIMAQ promoveram um debate sobre “A promoção da indústria brasileira no mercado internacional”. O evento foi finalizado após a apresentação dos resultados da das discussões dos grupos.

Fonte: Apex-Brasil