Notícias do setor

M. Dias Branco avança no modelo de indústria 4.0


A Accenture divulgou na terça-feira (14/09), durante o evento SAP NOW Brasil 2021, o projeto de transformação digital e Indústria 4.0 da M. Dias Branco – fabricante de biscoitos e massas.

O projeto começou com a definição de um plano diretor e um roadmap voltado para a indústria 4.0, para entender qual combinação de tecnologia era capaz de endereçar os problemas de negócio. No roadmap, foram selecionadas três das principais fábricas da M. Dias Branco e foi desenhada a jornada de transformação digital para o curto, médio e longo prazo.

Em um primeiro momento, além das visitas técnicas, foram entrevistadas várias pessoas das áreas de Manutenção, Operação, Qualidade, TI, Produção e diversas outras e, então, foram organizadas sessões de inspiração e ideação, design thinking, até chegar às sessões de priorização – com dezenas de iniciativas e uma série de tecnologias, como: IoT, Cloud, realidade aumentada e virtual, IA, machine learning, digital twin, entre outras.

Para uma transformação como essa, é necessário um sistema capaz de conectar o ERP com todo o chão de fábrica e seus equipamentos, eliminando papéis e conectando funções. Então foi definido que a utilização da plataforma SAP MII for OEE Management (Manufacturing Integration and Intelligence – Overall Equipment Effectiveness Management) era a mais preparada para ser essa fundação.

A implementação e a evolução para a próxima fase da empresa trarão maior produtividade, eficiência, redução de custos, aumento da qualidade do produto e até mesmo expansão da capacidade produtiva das fábricas, com a mesma quantidade de maquinários e equipamentos.
Essa transformação digital da manufatura tem sido liderada por Mauro Alarcon, CIO da M. Dias Branco, Sidney Leite, Diretor Industrial Corporativo da M. Dias Branco e suportado por Carlos Boechat, Associate Director de Industry Latam, junto com os times.

“A indústria 4.0 é uma jornada, e essa jornada precisa ter um alicerce muito bem estabelecido. Começamos alguns anos atrás, estabelecendo processos padronizados e KPIs. Partimos depois para um processo de melhorias de metodologias, com um trabalho muito forte de estruturação e capacitação do pessoal. E recentemente, com a SAP e a Accenture, começamos a implementar um projeto de MES dentro do programa de transformação digital da manufatura”, afirma Sidney Leite, diretor industrial da M. Dias Branco.

“Chegamos a um patamar tal que, aquilo que fazíamos bem na mão ou em planilhas, hoje já não nos atende. Hoje temos um projeto-piloto em uma das nossas fábricas e fizemos, simultaneamente, um assessment de indústria 4.0 com a Accenture. Olhamos as nossas dores com análises de médio e longo prazo. O desafio agora é deixar as pessoas preparadas e manter a prioridade e o foco em todas essas implementações”, finaliza Leite.

Fonte: IP News