Notícias do setor

Home office atrelado à tecnologia pode gerar novas oportunidades de trabalho


A forçada aceleração digital causada pela pandemia de covid-19 no começo de 2020 trouxe alguns pontos positivos tanto para o comércio eletrônico e empresarial quanto para os colaboradores que encontraram novas formas de desempenhar seus trabalhos.

Antes visto como uma situação atípica e possivelmente temporária, o home office conquistou parte dos empregadores e trabalhadores que hoje já não fazem questão de retornar ao escritório presencial e se adaptaram à nova rotina.

Segundo pesquisa realizada pela RH Robert Half, 63,8% dos entrevistados já têm a preferência por trabalhar em casa, o que segue abrindo portas para novas vagas que estão situadas em cidades, estados e até países diferentes.

Essa necessidade de inovação tecnológica aliada a possibilidade do trabalho à distância fez com que empregos na área de tecnologia aumentassem suas ofertas em 310% em 2020, marco nunca antes visto.

Perfil dos trabalhadores em home office no país
Segundo pesquisa do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) que analisou o trabalho remoto na pandemia em 2020, o home office é realizado majoritariamente por pessoas brancas, com formação de nível superior ou até com pós-graduação e 21,6% estão na faixa dos 14 aos 29 anos.

As mulheres representam maioria na adoção do modelo de trabalho, configurando 55,5% do total das pessoas que estão em home office contra os homens que registram 44,5% desse número.

Novas oportunidades
Além das vagas que devem continuar surgindo para atender essa demanda tecnológica, vagas que acompanhem, levantem dados dessas plataformas, que realizam o marketing para expandir esse negócio também podem ser realizadas em home office.

Diversas profissões conseguem oferecer essa flexibilidade do trabalho à distância, podendo ser negociado com seu empregador, propondo ainda o sistema híbrido se necessário.

O trabalho híbrido também está em alta desde a retomada dos escritórios presenciais, assim como a busca e oferta por vagas que são chamadas de “anywhere office”, que não pedem nenhum tipo de contato presencial e podem ser desempenhadas de qualquer lugar do mundo.

Essas novas formas de trabalho vieram para ficar e devem gerar uma nova tendência de profissionais qualificados restringindo suas buscas por novos empregos que ofereçam alguma dessas características.

Fonte: Portal Contábeis