Notícias do setor

Projeto Exportação da ABIMAPI e ApexBrasil atinge perspectiva de US$ 1,4 milhão em negócios em feira de marcas próprias


Entre os dias 30 de maio e 01 de junho a ABIMAPI (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados) em parceria com a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e a Embaixada do Brasil em Haia (Países Baixos), por meio do projeto setorial Brazilian Biscuits, Pasta and Industrialized Breads & Cakes marcou presença na feira internacional World of Private Label (PLMA) em Amsterdam, Holanda. No total, seis empresas participantes do projeto estiveram presentes no evento e alcançaram perspectiva de gerar US$ 1,4 milhão em negócios com cerca de 200 contatos originários de diferentes regiões do mundo.

O programa participa regularmente das edições internacionais da feira de marcas próprias em Chicago (Estados Unidos), mas pela primeira vez o Pavilhão Brasil foi estruturado na edição de Amsterdã. Alca Foods, M. Dias Branco, Maricota e Vapza, além das empresas de açaí, Goola e Petruz, fizeram parte da feira. Entre os visitantes do evento, estavam representantes de redes de lojas, supermercados, hipermercados, farmácias, atacadistas, ecommerce, consultores especializados em marcas próprias, brokers, importadores, distribuidores e representantes comerciais.

De acordo com Cláudio Zanão, presidente-executivo da ABIMAPI, é importante reforçar que as marcas próprias (aquelas que levam o nome do varejista ou de marcas privadas, sendo fabricados por terceiros ao responsável pela venda aos consumidores finais) já representam mais de 50% de todos os produtos vendidos do setor em sete países europeus e mais de 40% em outros nove países da Europa. “Nosso objetivo é analisar e focar nos canais que ganham força a cada dia para gerar oportunidades de negócios e reconhecimento de nossos produtos. Investir neste nicho gera credibilidade às nossas empresas, garantindo resultados estratégicos nas exportações, além de contribuir para posicionar o setor diante dos concorrentes”, explica Zanão.

Estreando no evento, M. Dias Branco destacou a qualidade dos negócios gerados. “Realizamos muitos contatos, não esperávamos ter participantes de outros continentes além da Europa, mas recebemos compradores e visitantes da África e Ásia. Em termos de qualidade foi excelente graças ao apoio da ABIMAPI, ApexBrasil e da Embaixada do Brasil em Haia viabilizando nossa participação”, conta César Reis, Diretor de Exportação da M. Dias Branco.

Enrico Milani, CEO da Vapza Alimentos, ressaltou a importância dos contatos diversificados. “Conseguimos potenciais clientes como supermercadistas, distribuidores, importadores com foco principalmente em marcas próprias”, explica.

Até o final deste ano a ABIMAPI realizará outras feiras internacionais, retomando as atividades de promoção presencial no exterior essencial para apresentação dos produtos a compradores estrangeiros. No calendário da parceria com a ApexBrasil incluem as feiras Expoalimentaria (Lima, Peru), America´s Food & Beverage (Miami, Estados Unidos) e, ainda, a PLMA (Chicago, Estados Unidos) focada em marcas próprias de estabelecimentos das Américas.

Pensando em aprimorar a experiência dos compradores e consumidores estrangeiros com os alimentos já representados, a partir desse ano empresas de segmentos considerados “acompanhamentos” no consumo do macarrão, biscoitos, pães, bolos e cereais serão convidados a aderir o projeto setorial. “Criamos uma categoria específica para as empresas de molhos, atomatados, patês, geleias, antepastos e temperos, a fim de levar mundo a fora as combinações de sucesso que consumimos no Brasil”, completa Zanão, presidente-executivo da ABIMAPI.

Fonte: Assessoria de Imprensa ABIMAPI